Vinhos Herzog von Wurttemberg

Vinhos Herzog von Wurttemberg

Os Herzöge (Duques) de Württemberg começaram a produzir vinhos no século XII. Mas somente em 1677 surgiria a vinícola oficial, na corte do Duque Eberhard III. A família leva o nome da região de Württemberg, na Alemanha, que foi por ela governada até o final da Primeira Guerra Mundial, sendo que a partir da paz de Viena, o Ducado tornou-se Reino até 1918.

A vinícola possui 40 hectares dos melhores vinhedos na região. Todos ficam próximos a Stuttgart, abrangendo seis áreas com terroirs bem específicos e diversos. Um deles, o Untertürkheimer Mönchberg, terroir do Lemberger GG (Grand Cru) e do Merlot, foi adquirido pela família em 1671. O terroir Gündelbacher Steinbachhof faz parte da vinícola desde 1757. O solo nessa região é sedimentar de origem calcário marinha.

A vinícola se localizava no antigo castelo de Stuttgart até 1981, quando mudou-se para o castelo Monrepos, em Ludwigsburg, próximo dali. O castelo Monrepos serviu como residência de verão da familia.

A família produz vinhos de altíssima qualidade, originados da soma de  excelentes terroirs com tradição, paciência, conhecimento e tempo.  Os vinhedos são cultivados de forma orgânica, mas a vinícola optou por não ser certificada.  As condições naturais – o lugar, o solo, as castas e o clima – são sempre respeitados, cuidando-se dos vinhedos e das vinhas, para garantir a melhor fruta, aproveitando ao máximo o terroir. Os barris usados na vinícola são feitos com o carvalho das próprias florestas da familia. Seus vinhos são tão prestigiados que mais de 90% de sua produção é absorvida apenas na região, sendo raro encontrar tais vinhos fora de Württemberg.

A vinícola Herzog von Württemberg é membro da VDP  - associação das 200 melhores vinícolas da Alemanha.

Desc

4 itens

Ver como Grade Lista
por página
Desc

4 itens

Ver como Grade Lista
por página
To Top