Chardonnay

Chardonnay

Chardonnay
A Chardonnay é uma das varietais mais populares do mundo. O sucesso internacional da variedade está agora ganhando terreno na Alemanha e Itália. A Chardonnay alcança sua máxima expressão na Borgonha e tem papel fundamental na elaboração dos melhores vinhos da região de Champagne.

Histórico

Como muitas outras videiras antigas, também a Chardonnay tem a sua origem na Ásia Ocidental. Com a difusão da cultura do vinho, a variedade chegou à França e encontrou particularmente na Borgonha um novo lar. Um assentamento perto de Tournus de nome “Chardonnay” pode ter dado nome à variedade. Na Borgonha, os monastérios cuidavam da propagação e manutenção da variedade.

Importância

A Chardonnay é uma das varietais brancas mais cultivadas do mundo. Está presente em quase todos os países do vinho e ocupa uma área cultivada em todo o mundo, quase igual à do Riesling.

Cultivo

É uma varietal de brotação precoce (portanto sujeita às geadas da primavera,), de fácil cultivo e melhor adaptada a solos dominados por calcário, ou argilo-calcário, não muito secos. Suscetível ao míldio e outras doenças, pode também apresentar problemas de maturação irregular. Tem cascas relativamente finas, o que a torna suscetível à Botrytis em climas úmidos. Trata-se de uma uva versátil e costuma apresentar uma ampla gama de aromas e sabores, dependendo de onde é plantada e também como é vinificada. (Jancis Robinson, WIne Grapes, 2012)

Vinificação / Aromas e Sabores

A maioria dos vinhos é vinificada em seco. Além da vinificação em tanques de aço inoxidável, a vinificação em barricas de carvalho é muito comum nesta variedade. É uma uva muito usada para a produção de espumantes em todo o mundo. Uma ampla gama de aromas e sabores é possível – desde frutas tropicais como abacaxi, melão, manga, até aromas sutis e elegantes, minerais, de pelo queimado e lanolina, como nos grandes vinhos da Borgonha. O tratamento em carvalho lhe confere os aromas típicos da madeira como caramelo (butterscotch), especiarias e tostados.

Enogastronomia

Vinhos leves e jovens, geralmente sem carvalho acompanham bem peixes e frutos do mar, enquanto que os vinhos mais sérios, geralmente com tratamento em carvalho pedem pratos mais sofisticados como aves de caça, peixes com molhos consistentes e queijos curados.

Desc

1 Item

Ver como Grade Lista
por página
Desc

1 Item

Ver como Grade Lista
por página
To Top