Harmonizar Vinhos com Ceia de Natal

Mesa de Natal

Se a Ceia de Natal já nos remete a pratos cuidadosamente elaborados, servidos tradicionalmente em nossas famílias, a questão de como harmonizá-los com vinhos que correspondam à excepcionalidade desse momento ainda está frequentemente em aberto.

A VINDAME traz sugestões que tornarão a sua ceia uma celebração inesquecível.

Para ressaltar o frescor das saladas, entradas leves ou o sempre presente Salpicão, um vinho branco seco, como o RK Riesling ou o Klingelberger 1782, é uma maravilhosa escolha. O Piemonte Chardonnay ou um rosé como o Cerro Bercial Rosado são também ótimas alternativas.

O Bacalhau se sai muito bem com a companhia do Sauvignon Blanc Colli Piacentini, do Soave Classico Otto ou do Erbacher Steinmorgen Erste Lage. Para os que preferem acompanhar este peixe com um vinho tinto, recomendamos um Bourgogne Pinot Noir ou um Lemberger Grand Cru (um pouco mais encorpado do que os Pinot Noirs).

Ou incontornável Peru de Natal, quando acompanhado por frutas, harmoniza perfeitamente com vinhos mais complexos, como o Baron K Riesling Kabinett, o Sorriso di Cielo (da uva Malvasia de Candia Aromática) ou Scharzhofberger Grand Cru. Entre os tintos, recomendamos o Verrenberg Spätburgunder GG (Grand Cru de Pinot Noir) ou o Langhe Nebbiolo de Oddero.

Se o Lombo faz parte da sua celebração, este prato de carne pede um vinho com boa estrutura e bom corpo. Sugerimos um Cabernet Sauvignon – o Luna Selvatica, um grande vinho da Toscana: o Chianti Classico Gran Selezione ou um espanhol da casta Tempranillo, o Convento de las Claras.

Para destacar o sabor especial do Tender, recomendamos a casta Primitivo. Dependendo do investimento que pretenda fazer, o Critera, o Cubardi (tipo “Reserva”) ou o Diciotto (vinho extraordinário, de vinhas antigas, com 18% de álcool naturalmente) são escolhas perfeitas. Ótimas alternativas são o Pasión de Bobal ou o Baloiro Reserva pelo caráter peculiar de suas castas somadas à passagem por madeira.

Encerrando a festividade, o Panetone de frutas precisa de um vinho levemente adocicado, como o Schloss Marienlay Kabinett, ou Riesling de sobremesa, como o Kiedricher Sandgrub Spätlese ou o fantástico Verrenberg Trockenbeerenauslese, destacado no Paladar do Estadão e que ganhou 96 pontos na revista ADEGA nesse mês de dezembro de 2017.

A Rabanada ou sobremesas de chocolate casam com vinhos de meditação como o Leiros ou Amarone della Valpolicella.

Desejamos a todos um Feliz Natal e muitos elogios pelos vinhos escolhidos! 

To Top